O amor dos pais é uma graça.

Eu, Jesus Amor
Minha filha, tu que te entregas sem contar a teus irmãos e irmãs, seja minha filha de amor em minha Divina Vontade. Bendigo o dia em que teu Pai Celestial te criou. Tu eras eu, minha filha. Vive de mim, em mim, por mim. Não sejas mais tu. Te amo por teu sim de amor.

Sim, meus filhos do Amor. EU SOU está em cada um de vocês que dão seu sim ao Amor. Não posso atuar em vocês, meus filhos, se não pronunciaram seu sim. Vivo em vocês, estou ativo em vocês. Não podem ver meu atuar. Ele está perto de vocês, e, vocês. Sou tão poderoso. Nada pode deter meu atuar. Meus filhos, dai-me o seu consentimento, seu abandono ao Amor. Eu sou todo amor. O Amor está vivo, é ativo. Tudo vive no Amor.

O amor não pode deter-se. Se pode parar de crescer quando a vida está aí, bem viva? O amor cresce, se desenvolve. Tudo é tão formoso quanto o amor reina em sua vidas! Entregam-me suas vidas. Eu, Jesus, lhes darei em troca a felicidade eterna.

Sim, meus filhos, repito uma vez mais. Não pararei de repeti-los, vocês estão tão surdos! Vocês não cessam de unir-se cada dia em seus hábitos de querer sempre dominar a vida dos que estão perto de vocês.

Sim! Olhem para os pais! Eles trazem ao mundo um filho que tem necessidade de seus cuidados, suas diretivas, sua proteção. Eles dominam a este filho com os bens materiais. Não podem dedicar-lhes seu tempo para sua educação; eles o confiam às puericulturas para poder oferecer-los os bens materiais. O amor neles sofre da ausência de de seus pais.

Vocês que amam seus filhos, crêem sinceramente que as horas de espera nesse mundo de gritos de uma creche substituirá seus pais? Seu amor de pai, sua atenção, seus conselhos, não podem ser substituídos pelos cuidados de uma guardiã. Não, meus filhos, o amor parental é uma graça que lhes foi entregue no nascimento de seu filho.

Meus filhos, despertem, isto é tão daninho para seus filhos. Os jogos com os outras crianças, os consola exteriormente, porém a ferida interior está ai, ela cresce, não se apaga. Só o amor de vocês pode mudar a situação, o mesmo que sua presença durante o dia, não só ao despertar o pequeno e ao pôr-lo a dormir.

Vejam os animais. Eles tomam constantemente cuidado de seus filhos até que estejam com mais idade; então eles se afastam com prudência. O pequenos adquirem a força para estar prontos a sobreviver em um mundo de cobiça alimentária.

Meus filhos, eu não vos digo para renunciar a todos os seus bens. Tenham cuidado com os o excessos que não podem substituir o amor que vocês devem dar a seus filhos. Vêem-los envelhecer agora. Eles sofrem constantemente por falta de amor. O amor os abandonou. Eles estão em busca do eu não sei o que. No amais profundo deles, buscam o amor de vocês, o que não tiveram durante a sua infância: o amor, sua presença.

Queridos pais, o que lhes faz sofrer, é por não serem capazes de renunciar a seus bens materiais com o fim de dar-lhes sua presença a suas filhos. Eu sei que no fundo de vocês, os amam, porém esqueceram ser verdadeiro amor: o que se dá, que se oferece, que se abandona para seus filhos. O que lhes falta, são a graças que os tornarão amor para seu próximo.

É somente em mim, meus filhos, que vocês cobrirão esta falta. Meus queridos filhinhos, venham a mim, seu Jesus de amor. Os quero felizes. Eu estou em vocês. Dirijam-se a mim, é ai onde se encontra a felicidade. Os prazeres externos não podem preenche-los. Os falta a essência da vida, eu, o Amor.

Meus filhos,eu sou o que lhes falta: o Amor. Sim, sou eu que é a felicidade em vocês. O Amor está tão vivo que grita em vocês: “Entreguem-me seu sim para o Amor”. Meu grito é forte, porém não faz mal, é suave e bom a sua vez. Eu os amo, meus filhos, os amo. Venham todos a mim. Te amo, filha do amor. Anda, faz o sinal da cruz. Amém.

Fonte: Tradução livre da mensagem nº 96 de 14 de Maio de 2001, do Primeiro Volume do livro “Amor para todos los míos, Jesus”. Por ‘La hija del sí a Jesús’, editado (em francês) em Granby, Canadá por Les Éditions FJ, traduzido para o espanhol por Sabino y Sulema Alas. Tradução para o português por JNW.

Anúncios

0 Responses to “O amor dos pais é uma graça.”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: