A confissão os liberta de seus erros.

Jesus Amor
Eu, Jesus, Filho do Deus vivo, amo a meus filhos. É no amor que vivo. Eu não posso viver senão que no amor. Meu Pai do Céu, que é amor, deu a seu único Filho por amor. É tão bom o amor. Tudo é amor em mim.

Meus filhos, quando vocês se fazem mal, são vocês sós que sofrem. O mal está em vocês. Eu, que vivo em vocês, sofro ao ver sua dor. Esta dor que os acossa, os destrói; os torna vulneráveis, longe de mim. Qual é então este sofrimento que os acossa, que os faz infelizes, que lhes dá o desejo de não conhecer o amor?

Eu estou em vocês, quero atrair-los para mim. Venham a mim a fim de compreender que o que os faz dano, é de estar longe de mim. Meus filhos, eu sou o Amor. Sou o que lhes falta: o amor interior de vocês. Este sofrimento é para mim. Este sofrimento os torna tão vulneráveis! Eu, que sou a Omnipotência, tudo em mim é graça.

Meus filhos, quando veem a mim, deixem-me todos seus sofrimentos. Eu derramarei em vocês as graças que os ajudarão a suportar suas dores. Eu sou o Amor. Eu tomo seus sofrimentos pois nada me pode alcançar. Eu sou a eternidade. Vocês sofrem sós, meus filhos. Seu sofrimento é o resultado de seus próprios erros. Só eu, meus filhos, posso aliviar-los de tantos sofrimentos.

Eu sou o que morreu por amor a vocês. Foi por vocês, meus amores, que meu Corpo suou. Os ganhei com o suor de minha Vida. Me entreguei a meu Pai por vocês que sofrem. Sou o Amor que entregou a meu Pai todos os sofrimentos de vocês e que foram purificados por mim, Jesus Salvador.

Ninguém pode ir a meu Pai sem passar por mim. Sou eu que carreguei com seus pecados em minha Paião. Tudo foi feito por mim. Eu fiz por cada um de vocês um ato de amor. Vocês foram salvos por mim, seu Libertador, para que sejam filhos benditos de meu Pai.

Meus filhos, vocês conheceram a escravidão. Vocês que sofrem, os dou sua libertação que os conduz para meu Pai. Sim, vocês sofrem meus filhos, por Adão e Eva que cederam ante a tentação de Satanás. Vocês, meus pobres filhos, que sofrem por causa desta falta original, essa é a causa de sua perda. Vocês levam consigo o rastro do pecado que os fez cometer outros pecados e que engendraram outros mais. Eu vim para salvar-los, para dar-lhes a Vida. Vocês estavam mortos para a Vida. Eu vim para dar-lhes de novo por meio de meus sacramentos.

Meus filhos, vocês podem curar-se! Vocês podem por seu sim, dar a seu interior o remédio necessário ao amor que foi ferido em vocês. Eu sou o médico. Não tenham medo, sou todo poder, todo amor. Eu não os condeno. Eu os amo.

Vão a meus filhos prediletos para acalmar suas feridas que os fazem mal, é ai onde estou. Vocês sós podem fazer tudo por seus erros. É a vocês sós de querer curar-se de suas faltas dizendo-me: “Sim, eu quero”. Eu, o Todo-Poderoso, posso curar-los. Lhes darei o amor que os fará avançar até a vida que começou desde seu sim.
 
Eu sou tão amoroso de vocês que me deixo cair em vocês. Vocês que sofrem, lhes dou tudo. Eu sou tudo para vocês. A confissão é a fonte da felicidade para vocês, não um suplicio. Meus filhos, venham ver!. A confissão é um ato de renuncia ao mal. Tudo está em mim. Vocês receberão as graças da santificação que curam e as graças de alegria que lhes dão asas de amor.

Eu, que estou detrás da grade, estou na boca do sacerdote, Sou eu, o Construtor das muralhas de pedra, que branqueou suas próprias pedras. Por seu arrependimento, vocês saem brancos de todas as manchas. Sim,meus filhos, eu os quero. Os quero a todos para mim. Eu os amo. Bendigam meu nome, meus filhos, este sacramento que os tira seu sofrimento e o apaga por toda a eternidade. Eu os amo, meus filhos. Os quero todas comigo, eu, o Amor que é a vida em cada um de vocês.

Vocês são meus filhos da luz. Vocês são, em cada um de vocês, minha luz que brilha, que esclarece. Sim, meus filhos, tudo se esclarece em vocês. Vocês são minha luz, eu em vocês, vocês em mim. Amém, eu os digo, quem vive em mim tem a vida eterna.

Fonte: Tradução livre da mensagem nº 106 de 19 de Maio de 2001, do Primeiro Volume do livro “Amor para todos los míos, Jesus”. Por ‘La hija del sí a Jesús’, editado (em francês) em Granby, Canadá por Les Éditions FJ, traduzido para o Espanhol por Sabino y Sulema Alas. Tradução para o Português por JNW.

Anúncios

0 Responses to “A confissão os liberta de seus erros.”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: